24 Abr 2015• Por Equipe Vitrine da Joia

Por que Aplicar Design Estratégico

Por: Patricia Sant’Anna

Diretora de pesquisa e fundadora da Tendere

 

Sua empresa utiliza design estratégico?

Nos cursos e seminários da Tendere, sempre enfatizamos a importância do design estratégico para o desenvolvimento de produto e de coleções. Design não é só deixar o produto bonito – é muito mais do que isso. E vamos explicar por quê.

Primeiro: por que usar design? No setor de moda como um todo, e no de semijoias, joias e bijuterias em especial, a competição com fabricantes estrangeiros, de países como China, Índia e Indonésia, por exemplo, nos coloca em uma posição de franca desvantagem. O produto mais barato proporcionado por mão-de-obra mais barata e parca legislação trabalhista desses países é quase impossível de competir. Somem-se a isso os altos impostos para o empresário brasileiro. Para que, então, competir com esses países criando produtos que podem ser substituíveis por qualquer um deles? Por que não investir em produtos diferenciados, que agreguem valor e, resumindo, aplicando design estratégico?

Ao valorizar o design nos processos criativo-produtivos, o empresário pode garantir a competitividade do produto e o desenvolvimento da empresa de maneira sustentável. Entre as vantagens está, além de aumentar o valor agregado, reduzir os custos do processo produtivo e criar uma identidade para a marca. Criando uma identidade, a marca fala diretamente com o consumidor de joalheria e o conquista por fatores muito além de um preço reduzido ou um ponto-de-venda acessível. Não vamos esquecer também de que quem compra está cada vez mais crítico, tanto de onde vem o produto como o que a mensagem ele transmite.

Agora que já definimos por que sua empresa deve investir em design estratégico, vamos à parte que interessa: como aplicá-lo? Primeiro, o designer, como dissemos acima, não é quem deixa o produto bonito, mas quem toma conta de todo o processo do desenvolvimento do produto. A pesquisa de tendências é o primeiro passo para o design estratégico eficiente. Realizada pelo designer, deve ser tanto criativa, observando as macrotendências das próximas estações, quanto de mercado e de consumo, conhecendo o público da empresa e o que ele desejará consumir no leque de tendências apresentadas nas próximas estações.

Além da parte da pesquisa, criação e desenho, o designer também define como deve ser feita a passagem do produto por toda a linha de produção para que a produção fique mais eficiente. Uma empresa deve dar autonomia ao designer para que ele possa cuidar de todo o processo e, além disso, investir na formação desse profissional. Esses são os primeiros passos para o design na sua empresa começar a ser estratégico.

Comentários via Facebook

Comentários

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).



Posts mais lidos

Assine nossa newsletter

Últimas do Instagram