06 Out 2017• Por Equipe Vitrine da Joia

Minas Trend traz pela primeira vez desfile de joias e bijuterias

A Vitrinne Magazine foi convidada pela segunda edição consecutiva a participar do Minas Trend, semana de moda mineira que já faz parte do calendário da moda nacional e traz lançamentos de importantes marcas dos segmentos de vestuário, calçados, bolsas, joias, bijuterias e acessórios.

 

Além de contar com a presença dos mais qualificados compradores e lojistas, reconhecidos pelo alto potencial de compra, o evento se diferencia ao unir negócios e atividades de moda em um ambiente único e estimulante.

 

Nossa equipe chegou em Belo Horizonte na segunda-feira (02 de outubro) para a festa de lançamento, onde aconteceu o desfile de abertura da temporada Outono-Inverno 2018 que dá um direcionamento do que podemos esperar para a estação (logo faremos um post completo sobre isso).

 

No dia seguinte, dia 03 de outubro, aconteceu o desfile mais esperado por nós: o desfile coletivo do Sindijoias/MG com 6 marcas genuinamente mineiras, trazendo uma visão plural deste importante mercado para a moda do Estado.

 

Caleidoscópio, Carlos Penna, Cláudia Arbex, Hector Albertazzi, Lázara e Marieta Rigoni se uniram para mostrar essa diversidade e versatilidade do design mineiro e realizaram um desfile que se destacou não só pelas belíssimas peças apresentadas na passarela, mas também pela união e força que este setor possui.

 

O que mais me impressiona, particularmente, é esse potencial que o brasileiro tem para contar histórias e imprimir sua identidade através do design. Não existe uma peça que não tenha uma história por trás de seu desenho e é justamente isso que torna a moda  rica e com grande projeção no exterior. 

 

Caleidoscópio

Fundada em 1998, a Caleidoscópio é um atelier de joias e acessórios de moda artesanais. Através do olhar de três arquitetas, Jeanine, Mailda e Renata Fontan, as peças tomam formas criativas e distintas, com um mix inusitado de materiais e texturas, resultando em um trabalho original e bem brasileiro. 

Carlos Penna

Desde seu início, a Carlos Penna vem buscando novos caminhos para produção de acessórios. Marcada pela singularidade e pelo inusitado as peças trazem consigo uma história que ultrapassa os conceitos comuns do design.

Cláudia Arbex

Sempre alinhada às tendências mundiais do setor, a marca propõe peças extremamente femininas e com muito brilho e glamour, atributos que compõe o seu DNA.

Hector Albertazzi

Hector Albertazzi começou sua história em 1983, em uma pequena oficina de joias. Suas peças ganham forma através de um minucioso trabalho artesanal. Toda produção é interna e segue rigorosamente os processos de fabricação de joias, desde a fundição do metal até o acabamento precioso das peças. 

Lázara 

Há 25 anos, a história de Lázara começou a trilhar um novo caminho. A ousadia é sua marca registrada, suas bijuterias são fortes, ousadas, alegres e elegantes como é a própria Lázara e suas consumidoras.

Marieta Rigoni

Guiada pela razão e pela emoção, a designer encontra inspiração na natureza, na arte pura ou aplicada e na arquitetura. Seu processo criativo envolve uma pesquisa intuitiva das formas e dos elementos ao seu redor, com o objetivo de compreender as manifestações contemporâneas da cultura.

 

Veja abaixo imagens de todos os looks desfilados:

 

Texto: Andreza Leite

Release das marcas: Sindijoias/MG

Imagens: Agência FotoSite

 

Comentários via Facebook

Comentários

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).



Assine nossa newsletter

Últimas do Instagram