06 Dez 2017• Por Equipe Vitrine da Joia

Marketing Digital: 5 hábitos para você abandonar AGORA

Marketing Digital: este é um assunto muito pesquisado por empreendedores, principalmente quem trabalha no mercado de joias folheadas e acessórios de moda. Afinal, se você tem uma empresa e não tem perfil no Instagram ou página no Facebook, você praticamente não existe!

 

Antes de falar sobre marketing digital, quero fazer um parênteses: não existe posicionamento digital se você não integrar com o todo. Marketing Digital é apenas uma das vertentes do marketing e ele precisa se integrar com o resto, pois não adianta de nada você ter um perfil no Instagram maravilhoso, com milhares de seguidores, se você não entrega seu produto no prazo, ou se seu produto não condiz exatamente com aquilo que você divulga. Todas essas vertentes são de responsabilidade do marketing e é preciso primeiro estruturar as bases para então comunicar com eficiência e veracidade.

 

Num universo repleto de influenciadores digitais, celebridades, canais de comunicação e empresas disputando a atenção do seu potencial cliente, é motivo de sobrevivência você conseguir se posicionar e chamar a atenção dessa pessoa. 

 

Não é tão simples assim se posicionar no mar de produtos e empresas digitais, porém é a forma mais duradoura para você se posicionar na lembrança de seu cliente e, converter esse interesse em vendas. Mas antes de escrever sobre qual é a melhor forma que você deve se posicionar (que é assunto para um outro post), preciso antes escrever sobre 5 hábitos que você deve abandonar agora mesmo se quiser de fato ter resultado em suas estratégias digitais. Vamos a elas então:

 

1. Compra de seguidores e curtidas: este é um assunto que nem deveria existir no mundo empresarial. Comprar seguidores é coisa para "pseudo-celebridades" ou pessoas que querem ser "influenciadores digitais" a qualquer custo. Se você pratica isso no seu negócio, abandone JÁ este hábito: números não dizem nada sobre quem você é. O que importa para uma empresa é o caixa que ela fecha no final do mês e gastar dinheiro com compra de seguidores é o dinheiro mais mal investido no marketing digital.

 

2. Postar sem conhecer seu público-alvo: como você quer se posicionar bem e obter bons resultados se você não conhece de verdade quem é seu público-alvo? Uma coisa é você achar quem é seu público, outra é você reconhecê-los de verdade, através da definição das PERSONAS e conseguir falar aquilo que elas querem ouvir. Portanto esqueça hábitos de "achismo". Se você quer de fato ter resultados é preciso parar e elencar de verdade quem é seu real consumidor.

 

3. Feeds mal planejados: você já entrou em um perfil de alguma empresa no Instagram que possui um feed bagunçado e se sentiu perdido em relação ao que é determinado negócio? Ou aqueles perfis com fotos que foram tiradas de qualquer jeito, só para não deixar o Instagram sem nenhum post? Se você é, assim como eu, vai se sentir muito incomodado (a) com a bagunça visual. Por isso que um feed bem planejado, com regularidade nos posts, mesmo padrão de cor e linguagem visual, fideliza muito mais o público! Se você é daquelas pessoas que decidem na hora o que vai postar e pega o celular onde estiver e tira qualquer foto só prá deixar o Instagram atualizado, saiba que isso é muito pior do que não postar quase nunca!

 

4. Misturar vida pessoal com empresa: é outro hábito que eu não precisaria nem falar sobre! Mas nós sabemos que existem muitas empresas que, aos finais de semana, postam fotos daquela festa com os amigos, daquele prato delicioso que a mãe fez ou daquela viagem que não agrega em nada com seu negócio. Postar uma foto legal de uma viagem que tenha a ver com o contexto do seu negócio é ótimo e valoriza seu produto; agora, postar foto de biquini na praia ou da viagem para fazer o enxoval do bebê em Miami não dá né, gente? Então, por mais que sua empresa tenha o seu nome, aprenda definitivamente a ter duas contas no Instagram: uma para seu negócio e outra para seu uso pessoal e, por mais tentador que seja você querer mostrar aos seus clientes onde você está, pense duas vezes antes se realmente vale a pena.

 

5. Tratamento Impessoal: Pessoas compram de pessoas! Aqui parece até meio contraditório com o que eu escrevi no tópico 4, mas o que quero dizer é: por mais que você use softwares que mandam mensagens quando uma pessoa te segue ou por mais que seu cliente queira saber apenas o preço de um produto, trate-o como você gostaria de ser tratado! Aqui não é para você ser o melhor amigo do seu cliente e mostrar para ele o que você faz 24 horas por dia, falo neste tópico sobre respeito e saber ouvir o que ele tem a dizer!

 

Bom, tem outras práticas que existem e que também não ajudam no seu posicionamento, mas se você conseguir se controlar e abandonar pelo menos essas cinco, tenho certeza que você conseguirá transmitir uma mensagem com muito mais credibilidade ao seu cliente.

 

Então, vamos lá fazer um 2018 com mais resultados?

 

Texto: Andreza Leite

Comentários via Facebook

Comentários

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).



Assine nossa newsletter

Últimas do Instagram