29 Jan 2018• Por Equipe Vitrine da Joia

Vendendo pelo Instagram: 6 estratégias essenciais para seu negócio

É fato que as mídias sociais revolucionaram a forma de fazer negócios e divulgar produtos ou serviços. Por mais que seu negócio seja pequeno, estar fora deste ambiente online é como se você não existisse. Até para quem já tem um público físico consolidado, plataformas como Facebook e Instagram são fundamentais para mostrar novidades ou promoções e aumentar a frequência de venda para um mesmo cliente.

 

O Instagram é uma mídia que está presente em praticamente todas as conversas que tenho, seja com fabricantes, atacadistas, varejistas ou revendedores. Todos querem divulgar seus produtos por lá e todos sempre esperam obter resultados positivos em vendas a partir dessas divulgações. Porém, não é tarefa tão simples como parece converter um like em resultados financeiros. Para que isso ocorra é preciso estabelecer metas claras, fazer um bom planejamento, e ter muita (MUITA) dedicação.

 

Depois de muito conversar com empresários e empreendedores sobre o assunto, e ouvir todas as dúvidas, expectativas e queixas, resolvi então elencar aqui 6 estratégias básicas para você conseguir de fato vender pelo Instagram. Mas antes de partir para o que você pode fazer para aumentar seus resultados, peço que você pare o texto agora e vá para o post que mostro o que você NÃO DEVE FAZER. < LEIA AQUI >

 

Agora, vamos às estratégias para você vender pelo Instagram:

 

1. Estabeleça metas claras

Não existe resultados sem metas. Você provavelmente já deve ter ouvido (ou lido) o trecho do livro “O Pequeno Príncipe” que diz que se você não sabe aonde quer chegar qualquer caminho serve. Pois é exatamente isso!

 

Mas Andreza, minha meta com o Instagram é vender! Ok, vender é o objetivo final de todos (ou quase todos), porém é preciso saber exatamente qual é essa meta e não simplesmente vender mais. Metas subjetivas não levam a lugar nenhum!

 

Se hoje, você vende R$1.000,00 pelo Instagram, que tal ousar e colocar 50% a mais para o próximo mês? Com essa meta clara de vendas, você precisa também estabelecer para quantos clientes quer fazer a venda, ou seja, é preciso também estipular o ticket médio de venda para um mesmo cliente. Por exemplo: para um cliente eu vendo R$50,00, para outro eu vendo R$200,00 e para um terceiro eu vendo R$250,00; logo, o seu ticket médio de venda é R$166,66. Sabendo qual o seu ticket médio, ficará mais fácil você complementar sua venda para atingir tal meta por venda.

 

Outra meta que você deve pensar é a quantidade de posts no Instagram X a conversão em vendas. De cada 10 posts no Instagram que você faz, quantos são convertidos em venda? Aí então aqui é necessário parar e pensar estrategicamente de modo que seu perfil não seja somente oferta de produto mas também não seja tão conceitual a ponto de você quase não conseguir vender (lembre-se que essas são dicas para vender mais; conceito e valorização de marca vamos abordar em outro post).

 

 

2. Defina um padrão visual para seu feed

Quando foi lançado, o objetivo do Instagram era registrar o instante, ou seja, tirar a foto do celular e no máximo dar uma editada com os próprios filtros e recursos do aplicativo. Hoje em dia sabemos que não dá mais para ser assim: cada post deve ser muito bem pensado, fotografado e editado para que chame a atenção diante de inúmeros perfis que concorrem por esse segundo tão precioso. Por isso é imprescindível que você tenha um feed harmonioso e que realmente faça seu cliente admirar a sua marca.

 

Estipule uma mesma paleta para seus posts, utilize filtro em suas fotos, defina uma identidade visual para seu feed e não esqueça da linguagem que vai utilizar em cada legenda: se sua marca atinge um público mais jovem, você pode abusar de gírias, memes e jargões, mas se sua marca atingir um público mais adulto, aquele meme que você tanto gosta talvez não soe tão bem assim.

 

3. Defina suas PERSONAS

PERSONA: já falamos sobre este assunto AQUI e ele não poderia ficar de fora de nossa lista para que você venda mais pelo Instagram.

 

Em qualquer tipo de negócio é fundamental você definir de 3 a 5 PERSONAS a partir do seu público-alvo. Assim fica muito mais fácil você colocar em prática a DICA 2, pois você saberá com muito mais propriedade do que e como seu público gosta de ser abordado, quais são os perfis que ele mais gosta de ver, como ele costuma fazer suas compras e por aí vai.

 

Com esses dados em mãos, será muito mais fácil você alcançar suas metas e não perder tempo só postando por postar.

 

 

4. Utilize hashtags

Não é de hoje que as hashtags são grandes aliados às vendas pelo Instagram. Para quem não sabe, as hashtags (ou jogo da velha “#”) foram criadas inicialmente no Twitter e elas geram hiperlinks que te levam a todos os posts referentes àquela palavra ou expressão destacada.

 

Eu vejo muitas marcas utilizando dezenas de hashtags para conseguir um alcance maior, mas a novidade é que de acordo com o novo algorítimo do Instagram, é muito mais eficaz você usar de 5 a 10 hashtags do que dezenas delas. Outra coisa importante é não utilizar sempre as mesmas hashtags, pois tudo que é muito repetitivo o Instagram “lê” que aquele perfil é muito “automático” e diminui o seu alcance.

 

 

5. Relacionamento é tudo!

Não transforme seu perfil do Instagram em uma plataforma divulgadora de produtos. Pessoas estão cheias de receberem somente ofertas e não terem nenhuma contrapartida das marcas.

 

Para vender mais, é preciso ter engajadores e, para ter engajadores, é preciso ter um bom relacionamento com seus seguidores. Interaja, responda todos os comentários, faça Stories mostrando os bastidores e não só oferecendo produtos, esteja sempre pronto para conversar, esclarecer ou atender seu seguidor e faça “amigos”.

 

Além disso, a interação ajuda a otimizar seu perfil de acordo com o algorítimo do Instagram. Para quem não sabe, já faz um bom tempo que o Instagram não publica mais em ordem cronológica. Seu post aparece de acordo com a relevância de seu perfil e quanto mais interação houver, mais relevante ele se torna e mais pessoas são alcançadas.

 

 

6. Dedicação, dedicação, dedicação

Esqueça aquela ideia de que as mídias sociais facilitaram o trabalho, e que ter um perfil que vende pelo Instagram vai te dar mais tempo livre para fazer outras coisas que você gosta. Se você quer REALMENTE vender pelo Instagram, encare-o com seriedade.

 

A internet não perdoa mais amadores. É imprescindível que você dedique-se ao máximo para conseguir bons resultados e deixar de ser apenas um perfil que “pinga” uma venda ou outra.

 

Vender pelo Instagram é como qualquer outro negócio: é preciso preparo, estudo e muita dedicação. Caso contrário, como podemos explicar empresas que fazem o maior sucesso nessa plataforma e outras que não conseguem sair do lugar? O que diferencia os dois perfis sendo que o público é basicamente o mesmo?

 

Essa última dica é válida para tudo o que você for fazer: sem dedicação você não chega a lugar nenhum!

 

Texto: Andreza Leite

Comentários via Facebook

Comentários

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).



Assine nossa newsletter

Últimas do Instagram