11 Nov 2019• Por Equipe Vitrine da Joia

5 motivos pelos quais sua Black Friday pode ser uma fraude

Quando novembro começa, o assunto que permeia todos os varejistas e até atacadistas é a Black Friday, e são inúmeras as dúvidas sobre o assunto: devo ou não aderir à Black Friday, quantos dias devo fazer, coloco todo meu estoque ou somente produtos selecionados na promoção?


 

De acordo com pesquisa realizada pela empresa Social Miner em parceria com a Opinion Box, 78,9% dos entrevistados têm a intenção de aproveitar as ofertas no período e 18,3% ainda estão na dúvida. Ou seja, uma maioria esmagadora considera comprar na Black Friday. Ainda de acordo com a pesquisa, 40,7% responderam que pretendem comprar itens de moda e acessórios o que nos abre um mar de possibilidades.


 

Entretanto, mesmo havendo uma baita oportunidade para se vender na Black Friday, muitas empresas de moda e acessórios não têm resultados satisfatórios, pois não levam em consideração que, apesar de ser um ótimo período para vender, todo mundo também quer vender algo para o mesmo público que o seu. E por querer resultados a qualquer custo, muitos empreendedores cometem erros que tornam a sua ação uma verdadeira Black Fraude!


 

Vamos a elas então?


 

PRIMEIRO - Não ter um objetivo definido: entrar na Black Friday só porque todo mundo está entrando, não te levará a nada. É preciso que você saiba qual é seu objetivo com a ação de vendas, que pode ser redução do estoque parado, aumento de receita, aumento de visibilidade da marca ou mesmo fazer um agrado às suas clientes vips.


 

SEGUNDO – Querer fazer o mês todo de promoção: promoções como a Black Friday só funcionam porque tem curto espaço de tempo. Os gatilhos da escassez e urgência são poderosíssimos gatilhos mentais usados durante a Black Friday e só funcionam porque dura apenas 1 dia e não 30 como muitos querem fazer.


 

TERCEIRO – Não dar descontos que “enchem os olhos” do cliente: vejo muita gente querendo aderir à Black Friday mas tem dó ou receio de dar descontos de verdade. Se for para dar um desconto pequeno é melhor nem aderir à campanha, pois, como escrevi acima, você está competindo com tantas outras marcas de tantos outros segmentos querendo vender para seu cliente no mesmo período.


 

QUARTO – Querer vender para público frio: público frio é aquele seguidor que você tem na rede social, mas que nunca curte, comenta, muito menos manda mensagens privadas para você. Se ele te segue só por te seguir, prá quê querer insistir nele? Por que, ao invés de fazer a Black Friday para pessoas que não se interessam muito por você, você fazer para quem sempre te prestigia? Faça uma promoção exclusiva aos seus clientes e contatos de WhatsApp, avise pessoalmente um por um daqueles seguidores que estão sempre com você no Instagram ou Facebook, ligue para aquela cliente que não compra de você há algum tempo. Saber que tem uma promoção exclusiva para quem está sempre com você, fará com que a pessoa se sinta ainda mais especial.


 

QUINTO – Achar que não precisa fazer nenhum esforço para vender na Black Friday: não é porque você vai dar um SUPER desconto na Black Friday que acha que já está tudo pronto e vai chover clientes querendo comprar de você. O sucesso das vendas na Black Friday é proporcional ao seu esforço para fazer dar certo. Por isso é preciso trabalhar com afinco antes, durante e depois da data para garantir que seus clientes estejam realmente satisfeitos com seu atendimento.


 

Bom, agora que você sabe o que NÃO deve fazer na Black Friday, que tal arregaçar as mangas e garantir um ótimo resultado de vendas no período?


 

Mais de 100 pessoas estão tendo resultados, aumentando as suas vendas em até 10x em 3 meses e com uma carteira de clientes realmente apaixonadas pelas suas marcas. Se você quer ter esses resultados, conheça o MÉTODOVITRINNE,  o maior e melhor curso do mercado para quem quer ter uma marca de semijoias de sucesso.


 

Texto: Andreza Leite

Comentários via Facebook

Comentários

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco (*).



Assine nossa newsletter

Últimas do Instagram